Apenas nas duas primeiras semanas de julho, uma pessoa morreu a cada 40 horas em rodovias federais no Pará. O dado faz parte de um balanço divulgado nesta segunda-feira (16) pela Polícia Rodoviária Federal.

Segundo a PRF, nos primeiros 15 dias do mês, um total de 60 acidentes foram registrados, o que representa uma média de 4 colisões por dia. Desse total, 15 acidentes foram sem vítimas, 38 com feridos e 7 com vítimas fatais, resultando em 9 mortos.

Os acidentes, em sua maioria, são causados pela imprudência dos próprios condutores. Essa imprudência é sustentada também pelos 2.584 autos de infração, as 684 ultrapassagens e os 461 veículos flagrados pelo radar por excesso de velocidade.

“Por se tratar de um balanço parcial, ainda é cedo para fazer comparações, mas tanto uma morte quanto sessenta preocupa a nossa equipe”, comentou o inspetor da PRF Adriano Ferreira.

NAS RODOVIAS

Desde o início de julho, a PRF tem realizado a operação “férias escolares 2018” com o objetivo de reforçar o policiamento e a orientação de trânsito em locais e horário de maior fluxo de veículos, incidência de acidentes graves e de crimes.

Fonte: (DOL)

Banner da Pagina do Noticia Virtual

 

Sem comentários

Deixe um comentário