A Polícia Civil divulgou, nesta segunda-feira (16), as prisões realizadas, neste domingo, durante as ações da Operação Verão em Salinópolis, nordeste paraense. Quatro foragidos da Justiça foram capturados. Eles respondem por diversos como crimes, como tentativa de homicídio, roubo, receptação, sequestro e cárcere privado. Um dos presos é Jefferson Lira do Nascimento, de apelido “Come Barro”, contra quem há mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça pela tentativa de homicídio de um policial civil. O crime ocorreu em junho de 2017, no bairro do Curuçambá, em Ananindeua. Ele foi detido na praia do Atalaia, em Salinópolis, por policiais militares.

Jeferson foi reconhecido pelos PMs em ronda no local e conduzido à Delegacia de Polícia do município para averiguação. Além do mandado de prisão pelo crime contra o policial civil, outro mandado foi encontrado contra o acusado. Ao ser apresentado na Delegacia, “Come Barro” apresentou documento falso e por isso foi autuado em flagrante por crime de falsidade ideológica. Ele já está recolhido à disposição da Justiça.

SEQUESTRO E CÁRCERE Ainda no domingo (15), foi preso, em Salinópolis, Almir Fontes de Lima, que foi autuado em flagrante por sequestro, cárcere privado e violência doméstica. As vítimas do crime são a ex-companheira e os filhos menores do acusado. Após ser preso, foi constatado que Almir estava na condição de foragido e que já respondia por dois dos três crimes na Comarca de Barcarena. Sob coordenação da delegada Danielle Sousa, titular da Delegacia de Salinópolis, a equipe formada pelos investigadores Alan, João, Pontes, Orion e Suzane foi até o local onde o suspeito trabalhava como barbeiro, pois havia denúncia de que ele guardaria uma arma de fogo no local.

No local, no entanto, a equipe policial descobriu que Almir mantinha toda a ex-companheira e duas crianças sob cárcere privado no local. Após a abordagem, o suspeito, a ex-companheira e as crianças foram conduzidos à Delegacia. Com ele, os policiais apreenderam um simulacro (falsa arma de fogo). Em depoimento, a vítima afirmou que foi sequestrada e mantida sob domínio do suspeito mediante ameaça à sua integridade física e de sua família. Feita a averiguação, constatou-se que o suspeito era foragido do Sistema Penitenciário desde 26 de dezembro de 2017, por ter sido condenado por estupro, sequestro e cárcere privado pela 3ª Vara Penal de Barcarena. O Conselho Tutelar de Salinópolis foi acionado para adotar as medidas cabíveis em relação aos menores, filhos do suspeito. Ele está preso à disposição da Justiça na unidade policial.

FUGITIVO Policiais militares capturaram, neste domingo (15), o foragido de Justiça Nayan Renato Soares de Moura, durante abordagem policial, na cidade de Salinópolis, nordeste paraense. Ele foi conduzido até a Delegacia do município, onde a equipe de policiais civis deu cumprimento ao mandado de recaptura expedido pela Justiça em 6 de março deste ano. Nayan fugiu do presídio CRPP I (Centro de Recuperação Penitenciário do Pará), sediado em Santa Izabel do Pará, em 13 de dezembro do ano passado. A prisão foi realizada por policiais militares do Centro de Inteligência que se encontravam em Salinópolis juntamente com policiais militares da área, com apoio do serviço Disque-Denuncia (181).

A equipe de policiais civis, que realizava reforço na Delegacia de Salinópolis, deu cumprimento ao mandado de recaptura do preso expedido pela 2ª Vara do Tribunal do Júri de Belém. O preso responde a diversos crimes, como homicídios, receptação de roubo, uso de documento falso, roubos, e tem é envolvido em ações referentes ao tráfico de drogas e armas de fogo, além de ser suspeito de participar da morte de agentes públicos. Após ser apresentado na Delegacia, o preso foi encaminhado ao presídio Centro de Recuperação Regional de Salinópolis (CRRSAL), de onde será recambiado para um dos presídios do Estado.

OUTRO PRESO Foi preso, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, em Salinópolis, por policiais militares do GTO (Grupo Tático Operacional), Diego Rodrigo da Silva Brito, que responde por roubo. Ele foi localizado na Rua Santa Maria, bairro Nova Brasília. A ação policial foi realizada enquanto os policiais estavam à procura de um criminoso foragido que estaria escondido no local. No momento da chegada dos policiais militares ao local, suspeitos saíram em fuga da casa para dentro de uma área de igapó. Durante o cerco policial, Diego foi detido. Ele estava como foragido da Justiça.

Fonte: Ascom / Polícia Civil do Pará

Banner da Pagina do Noticia Virtual

Sem comentários

Deixe um comentário