Dizem que paraense que é paraense canta os sucessos internacionais já na versão brega de tanto que ele ouviu. São tantos hits que ganharam a batida do tecnomelody e do tecnobrega que a gente resolveu montar esta lista.

A princípio, seriam apenas 10 sucessos, depois 30 e, no final, acabamos com 40 versões.

Por isso, dividimos em quatro partes.  A primeira, vocês conferem abaixo e as próximas ao longo da semana.

Claro que, como toda a lista, muitos sucessos ficaram de fora.

Prepare-se para comparar as versões e dançar.

40. “Eterno Amor” – Ruthy Etty e “Spanish Eyes” – Madonna

Ruthy Etyy.  Você conhece? Pois é, em uma busca na internet, ela é classificada como “Rainha Do Tecnobrega”. Talvez, o seu maior sucesso seja essa versão, lançada em 2003, de “Spanish Eyes”, da Madonna, presente no disco Like a Prayer. Muita gente nem deve conhecer a versão da rainha do pop, já que não foi lançada como single no resto do mundo e sequer teve um videoclipe. Mas ganhou uma versão bem paraense para ficar eternizada e se tornar esse sucesso nas aparelhagens.

39. “É tudo pra mim” – Banda Paixão Calypso e “I Fly With You” – Gigi D’Agostino

Esta marcou e tocou muito em 2011, quando foi lançada. Ela é cantada por Adilson Ribeiro e a banda Paixão Calypso. É uma versão do mega hit “I’ll Fly with You”, do DJ italiano Gigi D’Agostino, lançada no ano anterior.

38 – “De Longe (Tupinambá)” – Banda Doce Desejo e “Emotion” – DJ Ross

Outro sucesso da Eurodance, “Emotion”, de outro DJ italiano, o Ross, também ganhou uma versão local, que de longe, de longe, ficou muito mais legal, hein?

37 – “Mega Príncipe Negro” – Bruno & Trio e “Crazy” Gnarls Barkley

Vencedora do Grammy, eleita a melhor música de 2006 pela Rolling Stone Brasil e pela Rolling Stone norte-americana e número um em diversos países quando foi lançada, “Crazy” é uma das grandes canções da primeira década do novo século. Ela também ganhou uma versão cantada pelo Bruno e Trio. Qual a melhor?

36 – “Volte Pra Mim” – Banda Beijo Molhado e  “2 Become 1” – Spice Girls

A partir do 6:45 você ouve a versão que a banda Beijo Molhado (por onde anda?) fez da balada cantada pelas Spice Girls. Você já tinha notado?

35 – “Não faz assim” – Banda AR15 e “Chandelier” – Sia

Uma das músicas mais recentes a ganhar as batidas do melody foi o hit pop “Chandelier”, da Sia. A música, a coreografia e apresentações da canção fizeram sucesso em todo o mundo.  O clipe atingiu a marca de um bilhão de visualizações no Youtube. Por aqui, o refrão da música virou “Não faz assim”.

34 – “Melody ilusão” – Banda AR15 e Bruno e trio e  “Need you now” – Lady Antebellum

A Banda AR-15 e o Bruno e Trio aparecem novamente na nossa lista com essa versão para o hit vencedor do Grammy “Need You Now”, do grupo de country pop Lady Antebellum.

33 – “Vetron” – Banda Fruto Sensual e  “Fidelity” – Regina Spektor

Olha o Fruto Sensual aparecendo pela primeira vez na nossa lista. A banda fez uma versão para “Fidelity”, o maior sucesso da cantora Regina Spektor. A canção de Spketor fez parte da trilha internacional da novela “A Favorita”, lembra?

32 – “DJ Tapó” – Banda Os Brothers  e “Relations” – Erika

Tchupa pa ra ra ra pa pa ra ra ra. Os primeiros versos da música da banda Os Brothers é marcante e muita gente cantarola até hoje. O que pouca gente deve saber é que a canção é uma versão para “Relations”, sucesso da erodance gravado pela cantora italiana Erika, Compare as duas versões.

31 – “El Sonido” – Fruto Sensual e “Lucky” –  Donna Summer

A rainha da disco music também não escapou e ganhou uma versão melody. A faixa escolhida foi “Lucky”, que está no álbum “Bad Girls”, de 1979. A versão para a musa das discotecas tinha que ser feito por outra musa: Valéria Paiva, do Fruto Sensual, canta “El Sonido”, lançada em 2002.

(DOL)

2 Comentários

Deixe um comentário